CGTN: uma China aberta é uma dádiva para a economia mundial

Antes dos anos 70, muitas pessoas lutavam para ter o que comer, sem poder dar-se ao luxo de ir às compras.

A política de reforma e abertura da China mudou o curso de desenvolvimento do país.

Desde o início desta política, o país passou por três grandes ondas de abertura.

A primeira começou em 1978 e continuou até os anos 80 e 90. Houve um influxo de investimentos estrangeiros diretos para a construção de infraestrutura e projetos industriais em todo o país.

A segunda onda começou em 2001 com a aceitação da China na OMC, o que estimulou outra explosão de investimentos estrangeiros e maior integração com a economia global.

Agora, à medida que a China embarca em um novo capítulo de desenvolvimento sob seu 14º Plano Quinquenal, o país está no auge de uma nova onda marcada por iniciativas proativas para aprofundar ainda mais a integração.

Os veículos para isso são o desenvolvimento de novas zonas de livre comércio (ZLC) e o porto de livre comércio de Hainan, a integração da área da Grande Baía de GuangdongHong KongMacau e novos acordos internacionais de comércio e investimento, como a Parceria Econômica Regional Abrangente (RCEP).

Esta abordagem da política impulsionou reformas e expandiu o mercado, permitindo uma divisão de trabalho mais especializada. Além disso, uma intensa concorrência estimulada pela liberação comercial e cortes nas tarifas de importação obrigou empresas nacionais a ser mais eficientes. Também levou à otimização da alocação de recursos e da modernização da indústria.

Mais de 40 anos de reforma e abertura possibilitaram que as importações e exportações totais da China subissem de US$ 20,6 bilhões para mais de US$ 4,5 trilhões, tornando o país a principal nação de negócios do mundo.

Tendo tirado o país dos tempos de escassez e o levado a ser a experiência de compras da atualidade, a reforma e a abertura não são só uma receita para o sucesso da China, mas também uma força motriz indispensável em direção a um mundo mais próspero.

https://news.cgtn.com/news/2021-05-19/An-open-China-a-boon-to-global-economy-10mwRLc0YVy/index.html 

Foto – https://mma.prnewswire.com/media/1530727/image.jpg

FONTE CGTN

Related Links

www.cgtn.com

SOURCE CGTN

WHAT TO READ NEXT...