Tue. Jan 31st, 2023


O Brasil chegou às quartas de final da Copa do Mundo com uma exibição exuberante no primeiro tempo que ajudou a equipe a vencer a Coreia do Sul por 4 a 1 na noite de segunda-feira.

A equipe de Tite foi impulsionada pelo retorno de Neymar – que sofreu uma lesão no tornozelo na primeira vitória sobre a Sérvia – e o jogador de 30 anos anunciou seu retorno com um pênalti que o deixou um gol atrás do recorde internacional de Pelé de 77 (13), que dobrou a vantagem do Brasil após o golaço de Vinicius Junior (7).

Richarlison comemora após marcar o terceiro gol do Brasil
Imagem:
Richarlison marcou seu terceiro gol no torneio na vitória

Richarlison então marcou seu terceiro gol no torneio após uma das jogadas mais requintadas (29) e estava 4 a 0 antes do intervalo, quando Lucas Paquetá, do West Ham, chutou para entrar em ação (36).

Mas com o trabalho já feito no intervalo, o ritmo diminuiu depois dele. Como resultado, a Coreia do Sul não baixou a cabeça e teve um breve momento para comemorar quando Seung-Ho Paik reduziu o déficit com um chute forte (76).

Grandes momentos do jogo

  • 7 min: Vinicius Junior abre as vagas com calma para o Brasil após um trabalho maravilhoso de Raphinha na preparação.
  • 11 min: Richarlison ganha pênalti após ser pego por Woo-Young Jung quando o zagueiro coreano tentou limpar a bola e pegou seu homem.
  • 13 min: A vantagem do Brasil é dobrada quando Neymar cobra calmamente o pênalti – seu 76º gol pelo seu país, um atrás de Pelé.
  • 17 minutos: Alisson faz uma defesa impressionante para empurrar o belo remate de Hee-Chan Hwang de 25 metros por cima da barra e impedir a Coreia do Sul de entrar novamente.
  • 29 min: Richarlison inicia e finaliza uma bela jogada de equipe para adicionar um terceiro para o Brasil.
  • 36 min: Um belo passe de Vinicius Junior abre Lucas Paquetá para guiar na quarta.
  • 68 min: Alisson faz outra defesa impressionante para impedir Heung-Min Son de 12 jardas, mas a bandeira do bandeirinha é levantada de qualquer maneira.
  • 76 min: Seung-Ho Paik sai do banco para chocalhar em um grande consolo para a Coreia do Sul

Sem surpresa, não foi o suficiente para inspirar a reviravolta da equipa de Paulo Bento, que saiu depois de ter chegado aos oitavos-de-final pela primeira vez desde 2010

O Brasil, por sua vez, avança para as oitavas de final do torneio, onde o confronto com a Croácia o aguarda na tarde desta sexta-feira.

avaliações do jogador

Brasil: Alisson (8), Militão (7), Marquinhos (7), Silva (8), Danilo (7), Casemiro (7), Paquetá (8), Raphinha (8), Neymar (8), Vinicius Junior (8) , Richarlisson (8)

Subs: Alves (6), Bremer (6), Martinelli (6), Rodrygo (n/d), Weverton (n/d)

Coreia do Sul: Seung-Gyu Kim (7), Moon-Hwan Kim (6), Young-Gwon Kim (6), Min-Jae Kim (6), Jin-Su Kim (5), In-Beom Hwang (6), Woo- Young Jung (5), Hee-Chan Hwang (7), Heung-Min Son (6), Gue-Sung Cho (5), Jae-Sung Lee (5).

Subs: Jun-Ho Son (7), Chul Hong (5), Seung-Ho Paik (7), Kang-In Lee (5), Ui-Jo Hwang (n/a)

Homem do jogo: Vinícius Júnior

Como o Brasil chegou às quartas de final

Quando a partida final no Estádio 974 antes de ser desmantelado começou, o ritmo acelerado das trocas de abertura deu a entender que seria um evento competitivo. Menos de 15 minutos depois, ficou claro que não seria o caso.

O Brasil logo entrou no ritmo quando Raphinha brilhantemente montou um desafio no lado esquerdo da área e mandou uma bola rasteira derrapando por um grupo de jogadores para Vinicius Junior, que deu um toque para controlar a bola e acariciou para o gol. com seu segundo.

E foram dois minutos depois, quando Neymar despachou com sucesso um pênalti para se aproximar de um marco histórico depois que Richarlison foi pego por Woo-Young Jung.

O brasileiro Vinicius Junior comemora o primeiro gol do time na partida
Imagem:
Vinicius Junior comemora o primeiro gol do Brasil na partida

O grande revés fez a Coreia do Sul ficar mais destemida, com Alisson fazendo uma defesa heróica para afastar o impressionante chute de 25 metros de Hee-Chan Hwang. Ao mesmo tempo, começaram a surgir lacunas na parte de trás, que posteriormente foram punidas.

notícias da equipe

  • O técnico do Brasil, Tite, voltou a ter uma escalação mais familiar após a surpreendente derrota por 1 x 0 para Camarões na sexta-feira, com Eder Militão como o único sobrevivente dessa partida. A manchete foi a volta de Neymar após uma lesão no tornozelo sofrida no início do torneio.
  • Enquanto isso, Min-Jae Kim e Hee-Chan Hwang começaram no South Korea XI de Paulo Bento, substituindo Kyung-Won Kwon e Kang-In Lee.

O terceiro brasileiro esbanjou o ar sul-americano que, sem dúvida, o verá figurar entre os gols do torneio. Richarlison fez malabarismo com a cabeça e finalizou com frieza após a troca mais habilidosa entre Thiago Silva e Casemiro. Se isso não acabou com as esperanças coreanas, Paquetá certamente o fez ao guiar um cruzamento de Vinicius Junior para o gol.

Lucas Paquetá comemora após marcar o quarto gol da seleção brasileira
Imagem:
Lucas Paquetá comemora após marcar o quarto gol da seleção brasileira

Os homens de Tite tentaram aumentar sua vantagem simplesmente inatacável após o intervalo, mas uma atuação inspirada do goleiro Seung-Gyu Kim os impediu de aumentar sua vantagem – e seus adversários ainda conseguiram tirar um pouco de brilho da vitória no final, quando o substituto Seung-Ho Paik sacudiu em um consolo de 25 jardas depois que um canto foi aberto em seu caminho.

Seung-Ho Paik comemora após marcar um gol para a Coreia do Sul
Imagem:
Seung-Ho Paik comemora após marcar um gol para a Coreia do Sul

Mas esta foi a noite do Brasil e são eles que se aproximam da glória depois de uma atuação imperiosa em Doha.

Seleção faz história com substituição de Weverton

Ao trazer o terceiro goleiro Weverton contra a Coreia do Sul, o Brasil já usou todos os 26 membros de sua equipe na Copa do Mundo de 2022. Eles se tornaram o primeiro time na história da Copa do Mundo a usar até 26 jogadores em uma única edição.

Bento deixa cargo na Coreia do Sul

05 de dezembro de 2022, Catar, Doha: Futebol, Copa do Mundo, Brasil - Coreia do Sul, rodada final, oitavas de final, estádio 974, técnico da Coreia do Sul, Paulo Bento, antes do início do jogo.  Foto por: Tom Weller/picture-alliance/dpa/AP Images
Imagem:
Foi o último jogo de Paulo Bento no comando da Coreia do Sul

O técnico da Coreia do Sul, Paulo Bento, anunciou sua saída do cargo após a derrota de sua seleção para o Brasil na Copa do Mundo.

O jogador de 53 anos, que assumiu o cargo em agosto de 2018, disse que já havia tomado a decisão de desistir após o torneio antes de viajar para o Catar.

Bento disse: “Só temos que pensar no futuro, e não será com a seleção da Coreia do Sul.

Paulo Bento deixou o cargo de seleccionador da Coreia do Sul

“Acabei de anunciar aos jogadores e ao presidente da federação sul-coreana e esta foi uma decisão que já tomei desde setembro e que está gravada na pedra.

“Hoje confirmei isso e tenho que agradecê-los por tudo o que fizeram. Eles deram o seu melhor e estou muito satisfeito e orgulhoso por ter sido seu treinador”.

Jogador do jogo – Vinícius Júnior

O atacante do Real Madrid, de 22 anos, foi uma das estrelas de ataque mais brilhantes nas exibições moderadas do Brasil na fase de grupos, então talvez não seja surpresa que ele desempenharia um papel fundamental quando os homens de Tite finalmente se destacaram no estilo.

Vinicius Junior mostrou compostura ao receber um toque e chutar para a rede em um ambiente de alta pressão e a assistência que ele deu veio de um momento de brilhantismo também, com cruzamento certeiro e bem finalizado por Lucas Paquetá.

Jogadores do Brasil exibem faixa em apoio a Pelé após vitória

Os jogadores do Brasil exibiram uma faixa de apoio a Pelé em campo ao comemorar a vitória no Estádio 974.

A equipe desdobrou a faixa, que continha apenas uma palavra – ‘Pelé!’ – ao lado de uma foto do grande brasileiro, após o triunfo por 4 a 1.

Pelé já havia enviado uma mensagem aos seus compatriotas antes da partida.

O tricampeão mundial disse nas redes sociais que assistiria ao jogo do hospital em São Paulo, onde foi internado na semana passada.

Havia preocupações com a saúde do homem de 82 anos quando meios de comunicação no Brasil informaram que ele havia sido transferido para cuidados paliativos, mas uma atualização dos médicos sobre seu tratamento para câncer de cólon foi seguida por uma mensagem na página de Pelé no Instagram de que ele estava ” forte” e que pedia calma.

Os fãs exibem um banner com uma mensagem que diz 'Fique bom logo'  para a lenda do Brasil Pelé

Antes da partida das oitavas de final na noite de segunda-feira, Pelé relembrou memórias de sua estreia na Copa do Mundo em 1958, quando o jovem de 17 anos ajudou o Brasil a erguer a Taça Jules Rimet na Suécia.

Ele escreveu no Twitter: “Em 1958, eu andava pelas ruas pensando em cumprir a promessa que fiz ao meu pai. Sei que hoje muitos fizeram promessas semelhantes e também estão indo em busca de sua primeira Copa do Mundo. Estarei de olho o jogo do hospital e estarei torcendo por cada um de vocês. Boa sorte!”

Torcedores exibem faixas em homenagem à lenda do Brasil, Pelé

A lesão afetou a contribuição de Pelé para as finais da Copa do Mundo de 1962 e 1966, mas ele voltou a levar o Brasil ao terceiro triunfo no México em 1970 como parte do que é amplamente considerado o maior time internacional de todos os tempos.

A possível rota do Brasil para a final da Copa do Mundo…

Quartas de final – sexta-feira, 9 de dezembro
Croácia vs Brasil – Abertura 15h

Semifinais – terça-feira, 13 de dezembro
Holanda ou Argentina vs Croácia ou Brasil – Abertura 19h

Brasil destaca status de favorito – Opta stats

  • O Brasil marcou quatro gols em uma partida eliminatória da Copa do Mundo pela primeira vez desde 1998 (4 a 1 contra o Chile), marcando mais gols nos primeiros 36 minutos desta partida (4) do que nas três fases de grupos jogos combinados (3).
  • A Coreia do Sul não venceu nenhuma das sete partidas da Copa do Mundo contra seleções sul-americanas (E2 D5) – apenas a Escócia (8) enfrentou tais nações com mais frequência sem vencer na competição.
  • Neymar se tornou apenas o terceiro brasileiro a marcar em pelo menos três edições da Copa do Mundo (2014, 2018, 2022), ao lado de Pelé (1958, 1962, 1966, 1970) e Ronaldo (1998, 2002, 2006).
  • O Brasil liderava por 3 a 0 depois de apenas 29 minutos, a primeira vez que marcou três gols em uma única partida da Copa do Mundo. No final das contas, foi apenas a segunda vez que eles marcaram quatro gols no primeiro tempo de uma partida da Copa do Mundo, também contra o México em 1954.

O que significa o resultado?

O Brasil agora avança para as quartas de final da Copa do Mundo, onde enfrentará a Croácia por uma vaga nas semifinais do torneio na sexta-feira.

O pontapé de saída no Estádio da Cidade da Educação será às 15h00.

By roaws